Arquetípico Cozinha Inusitada

Arquetípico Cozinha Inusitada Sem Glúten
Como escolher os melhores Laticínios – Sem Aditivos e Mais Naturais

O que deves ter em atenção para compares os melhores laticínios, ou seja, sem aditivos desnecessários e o mais natural possível.

Como escolher os melhores Laticínios - Sem Aditivos e Mais Naturais


Se, tal como eu, gostares de derivados do leite, como queijo, chantilly, iogurte, etc este artigo é para ti.

Em seguida, vou mostrar os aspetos que deves ter atenção para compares os melhores laticínios, ou seja, sem aditivos desnecessários e o mais natural possível.

Publicidade


Melhores Laticínios LEITE:
Qual o Leite mais saudável?

Ora o leite em si não é o melhor alimento para se consumir. Para saberes o porquê consulta o artigo Beber Leite: Sim ou Não?

Porém se gostares de leite, as melhores opções são o leite de cabra e o leite de ovelha, uma vez que contêm caseína A2, a qual não é inflamatória, como a caseína A1 do leite comum de vaca.
Também existe o Leite A2 de vaca, mas este não há à venda em Portugal.

Agora se quiseres sempre podes substituir o leite animal por leite vegetal caseiro ou comprado. Como por exemplo: Leite de Amêndoa, Leite de Caju e Leite de Côco.
Se comprares leite vegetal de pacote, olha para os ingredientes e escolhe um que seja o mais simples possível. Só para exemplificar os ingredientes: Caju/Amêndoa/outra oleaginosa, Água e Sal marinho ou Extrato de Côco e Água. Também encontras alguns leites vegetais que contém proteína de ervilha, a qual vai dar textura e contribuir com proteína.

Publicidade


Melhores Laticínios IOGURTE:
Como escolher Iogurtes

Antes de mais nada, não é garantido que o iogurte tenha todas as alegadas vantagens para a flora intestinal, uma vez que embora seja um alimento fermentado, não há garantia da quantidade de bactérias da fermentação que ainda tenha.

O iogurte, em comparação com o leite, tem a vantagem de conter um baixo teor de lactose, o que facilita a digestão.
Isto porque as bactérias que fermentam o leite e o transformam em iogurte, como Streptococcus thermophilus e Lactobacillus bulgaricus, consomem a lactose que é o açúcar do leite e produzem ácido lático. Este ácido aumenta a acidez do leite e vai coagular as proteínas do leite, criando uma textura mais densa. No entanto desde a produção do iogurte até ao seu consumo, a quantidade de bactérias da fermentação que são boas para a nossa flora intestinal, já não será a mesma, tendo havido uma diminuição.

Agora, quando fores escolher um iogurte tem em consideração os seguintes aspetos:

  • é melhor o iogurte grego por dar maior saciedade. Escolhe um que tenha apenas leite, natas e fermentos lácteos / culturas lácteas, evitando outros ingredientes como proteínas do leite extra.
  • dá preferência a iogurte natural, pois, dessa forma, tu é que escolhes se queres adoçar o iogurte e em que quantidade.


Como o Iogurte podes fazer molhos crus como Tzatziki, ou comer com granolas improvisadas, ao juntar banana ou pêssego fatiados, passas, trigo sarraceno germinado e amêndoas ou nozes. É literalmente à tua escolha.

Além disso com iogurte grego ainda podes fazer um queijo creme típico do médio oriente, chamado Labneh

Como fazer Labneh - o queijo mais fácil do mundo



Também existem os iogurtes vegetais de compra que têm a mesma questão dos probióticos e também convém olhar sempre para os ingredientes.

Publicidade


Onde obter probióticos sem consumir iogurte

Se o teu foco for obter probióticos, existem algumas alternativas mais interessantes que o iogurte, tais como:

Melhores Laticínios QUEIJO:
Como escolher Queijo sem aditivos

O queijo tem pouquíssima lactose, sendo que alguns devido à sua forma de fermentação não têm lactose, como o queijo flamengo.
Contudo todos têm a caseína numa forma concentrada. Daí ser comum ouvir que o queijo é viciante.
Isto acontece porque durante a digestão, a caseína liberta casomorfinas (opiáceos), que geram dependência, pois estimulam a produção de dopamina – hormona responsável pela sensação de bem-estar e prazer, uma vez que está ligada à coragem.
Afinal quem não gosta dum belo queijinho, seja em fatias ou ralado sobre uma pizza! Olha, eu gosto!

Então, se também tu gostas de queijo, o que deves ter em consideração ao comprar queijos?

Como escolher os melhores queijos?

Antes de comprares um queijo olha para os ingredientes e dá preferência aos que tenham ingredientes simples, nomeadamente:

  • leite cru
    Melhor ainda seria um queijo de leite A2 cru, isto é, leite de vaca A2, Cabra ou Ovelha.
    Se não encontrares queijo de leite cru, a segunda melhor opção será o produzido com leite pasteurizado.
  • coalho
  • cardo
  • sal
  • pode também conter fermentos lácteos.


Todos os restantes ingredientes que possam aparecer são aditivos extra.
Pessoalmente também evito o cloreto de cálcio, o qual é apenas adicionado ao leite para produzir mais coalho.

Se for Mozzarella em bola, o mais comum é, ter como ingredientes: Leite pasteurizado, sal, coalho e ácido cítrico ou ácido láctico. Estes dois últimos servem para acidificar o leite rapidamente, antes de adicionar o coalho.
A versão artesanal da Mozzarella em bola, não leva nenhum ácido cítrico como a versão industrial, uma vez que a acidificação do leite ocorre por fermentação através de Whey natural ou Lactograft.
Pessoalmente nunca encontrei cá esta mozzarella.

No caso do Mascarpone, o mais comum é: Nata pasteurizada, leite pasteurizado e ácido cítrico.
O mascarpone são natas aquecidas a 90ºC e engrossadas com ácido cítrico ou ácido tartárico. Depois são colocadas num pano a dessorar a frio até obter a consistência desejada.
Então a maioria dos mascarpones geralmente contêm ácido cítrico, conhecido como E-330. Lá está, o ácido cítrico não é lá grande coisa, embora não seja dos piores. Contudo se quiseres consumir mascarpone não há como evitar, mas também é algo que não se vai consumir todos os dias…
Há receitas caseiras que pedem por sumo de limão ou vinagre em vez de ácido cítrico, mas a nível industrial o normal é ser utilizado ácido cítrico.
Se quiseres saber o que é Ácido Cítrico, consulta o artigo Vitamina C: ácido ascórbico vs cítrico, o que é e alimentos ricos.

Então se gostas de mascarpone, espreita este gelado que não precisa de máquina de gelados


Arejado e colorido naturalmente!

Semifreddo de Mascarpone em tons de azul fatia

Dicas extra sobre queijos

Queijo Curado vs Fresco: Teoricamente, um queijo curado será melhor que um queijo fresco, pois confere mais saciedade (pela concentração de gordura) e por as proteínas do leite estarem mais abertas e pré-digeridas devido ao processo de cura. Todavia vai depender do queijo e da forma como o teu organismo reage. Por exemplo, a mim cai-me pesado o queijo da Ilha de 4 meses, ou mais, de cura…

Mozzarella ralada: escolhe uma sem amido de milho, pois o milho está na sua maioria transgénico, a não ser que seja biológico. A alternativa mais comum é amido de batata.
Para melhor conservação depois de abrires a embalagem de mozarela ralada, guarda-a no congelador. Para isso, afofa o queijo na embalagem e coloca-a no congelador deitada sem nenhum peso em cima. Depois de congelada, podes colocar onde preferires que já não corres o risco de ficar com um bloco prensado de queijo.

Queijos com indicação DOP (denominação de origem protegida): só este é que são feitos garantidamente com leite português.

Dá para fazer Ricota, Farmers Cheese e Panner com Leite de Cabra que tem apenas a caseína A2.

Melhores Laticínios NATAS:
Quais as melhores Natas para bater

As melhores natas são as Natas frescas maturadas porque geralmente têm menos aditivos e nunca deslaçam ao fazer chantilly. As natas frescas maturadas, isto é com fermentos lácteos, mantêm a firmeza por mais tempo do que as natas frescas normais.
Olha sempre para os ingredientes e escolhe umas Natas frescas que não tenham aditivos, conservantes ou carragenina (E-407). Por exemplo: Nata fresca (30% de Gordura) e fermentos lácticos.

Sabias que podes fazer Chantilly sem açúcar?

Para saberes como é fácil, fazer Chantilly em casa, mesmo sem açúcar, espreita a receita.

Chantilly sem açúcar


Ao propósito, no site há um artigo se quiseres saber: O que é Creme de Leite no Brasil? O que são Natas em Portugal? E termos em Inglês

Melhores Laticínios MANTEIGA:
Como escolher Manteiga

Ora a manteiga geralmente é sempre o mesmo: nata pasteurizada PT / creme de leite BR , sal e fermentos lácteos. São raras as exceções, onde é adicionado outro ingrediente. No entanto convém sempre olhar…

Porém ao comprar manteigas saborizadas ou de ervas, convém ter atenção aos ingredientes e verificar se não tem aditivos e conservantes extra.
Por outro lado fazer manteiga de ervas ou de alho negro ou de outro sabor em casa, é muito simples e económico.

Melhores Laticínios GHEE:
Ghee, o óleo da manteiga

É benéfico, na medida em que as proteínas são descartadas, ficando apenas o óleo da manteiga rico em ácido butírico.
É um ótimo substituto da manteiga para barrar pães sem glúten, bem como dos óleos vegetais, creme vegetal e manteiga em algumas receitas.

Descobre os benefícios do Ghee e como é fácil fazer

Ghee - O que é, Benefícios e Como fazer


Para pastelaria ou para cozinhar, pode-se substituir o ghee por o óleo de côco, embora o sabor seja diferente.
Para cozinhar também dá para substituir por azeite extra virgem.

Publicidade


Partilhar artigo no

Publicidade


Também poderás gostar de:

Mini Brownies crus de Tâmaras
Brownies crus de tâmaras
Amêndoas de Chocolate Branco sem laticínios azuis
Amêndoas de Chocolate Branco sem laticínios

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Olá! Sou a Lígia

Aqui ensino a fazer uma
Alimentação Sem Glúten,
trazendo-te alternativas variadas
com sabores deliciosos

para que sintas

a Leveza e a Liberdade

de Cozinhar Sem Glúten!

Últimos Posts

Mini Brownies crus de Tâmaras
Amêndoas de Chocolate Branco sem laticínios azuis
Vitamina C, diferença entre ácido ascórbico e cítrico, o que é e alimentos ricos em vitamina C

A Natureza só pode ajudar-nos, se conseguirmos arranjar tempo para nós mesmos.

Publicidade